Clínica de Psicología em Lisboa

ITAD » Blog » Hemisfério Direito

Hemisfério Direito

Postado por sergio, em 9 Fevereiro 2016 na Blog

Na maioria dos seres humanos (98%) o hemisfério direito é responsável pelas tarefas não verbais, como o pensamento simbólico, o reconhecimento de padrões visuais, a interpretação de mapas e a criatividade.
As lesões no hemisfério direito podem dever-se a vários fatores tais como os traumatismos cranianos e os AVC’s (acidentes vasculares cerebrais).

Problemas associados ao hemisfério direito:
1. Neglect;
2. Alterações da visão e da perceção;
3. Dificuldades de comunicação e de linguagem;
4. Mudanças nos afetos e emoções.

1. Neglect:
– Negligência do lado esquerdo do corpo;
– Dificuldades na identificação das partes do corpo do lado esquerdo.

2. Alterações da visão e da perceção:
– Dificuldades de memória visual;
– Atenção visual reduzida;
– Desorientação espacial e geográfica;
– Défices visuo-espaciais (apraxia construtiva – dificuldade adquirida que afeta a capacidade de desenhar espontaneamente);
– Dificuldades de reconhecimento de faces familiares (prosopagnosia).

3. Dificuldades de comunicação e de linguagem:
– Reduzida compreensão do discurso;
– Eficácia comunicativa reduzida;
– Problemas pragmáticos (adequação do discurso ao contexto e interlocutor);
– Baixa utilização da prosódia (entoação, ritmo, acentuação, intensidade e altura tonal);
– Reduzida capacidade de fazer inferências;
– Desinteresse pela comunicação;
– Discurso pouco elaborado;
– Dificuldades na organização da informação.

4. Mudanças nos afetos e emoções:
– Reações de indiferença;
– Negação da doença (Anasognosia);
– Perturbação da compreensão e uso da prosódia;
– Dificuldades de compreensão e utilização de expressões faciais, gestos e linguagem corporal;
– Confusão, delírio e outras situações mais raras;
– Perturbação da personalidade.

Áreas a avaliar:
-» Comunicação
– Compreensão verbal e não verbal;
– Fluência e coerência do discurso;
– Interpretação de conteúdos;
– Pragmática;
– Prosódia.

-» Défices Cognitivos
– Neglect;
– Atenção;
– Memória;
– Problemas afetivos;
– Reconhecimento de faces.

Como avaliar:
– Contato informal com o doente;
– Descrição da figura de Goodglass (Fig. 1);
– Explicação de provérbios;
– Apraxia construtiva bidimensional (pedir o desenho da Fig. 2).

hemisferio_direito

 

 

 

 

Fig. 1                                                           Fig. 2

Aconselhamento à família
a) Neglect
– Realizar tarefas verbais, visuais e táteis que envolvam o lado esquerdo do corpo (ex.: “coloque a sua mão direita sobre o joelho esquerdo”);
– Recomendações constantes para “olhar para o lado esquerdo do corpo”;
– Recorrer a tarefas de leitura e escrita;

b) Prosódia
– Exagero da entoação pelo interlocutor;
– Reconhecimento de emoções através de fotografias com expressões faciais;
– Exercícios para aumentar a sensibilidade às palavras e frases com carga emocional;
– Diferenciação de significados através de traços prosódicos;
– Exercícios de emissão prosódica de vogais isoladas, sílabas, palavras e frases.

c) Comunicação
– Identificar as ideias principais de um texto;
– Ordenar a informação recebida;
– Gravar a conversa do indivíduo para identificar falhas;
– Treinar o “tomar a vez” na conversa;
– Utilizar anedotas;
– Explicar metáforas, provérbios e absurdos;
– Dar mensagens ambíguas tentando que o indivíduo perceba o seu verdadeiro significado.

Dra. Sónia Rosado
Terapeuta da Fala do ITAD
Clínica de psicologia e terapia da fala em Lisboa
Av. Almirante Reis nº59 3ºEsq 1150-011 Lisboa – Portugal
211 371 412 – 961 429 911

Palavras relacionadas:

Comentários

Não há comentários para "Hemisfério Direito"

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *