Clínica de Psicología em Lisboa

ITAD » Blog »

Tenho uma filha muito ansiosa tem 16 anos

Postado por preguntador, em 14 Março 2019 na

Tenho uma filha muito ansiosa tem 16 anos esta a ser seguida em pedopsiquiatria e psicologia no HBA, mas cada vez está mais ansiosa, quando tem testes fica muito nervosa de tal maneira que falta a escola. Fica sem forcas para se levantar, toma alprazolam para a ansiedade e quetiapina porque não dorme à noite.As consultas de psicologia são muito espaçadas no HBA.Como devo lidar com esta situação? As consultas aqui são pagas particularmente? se sim quanto? Apreciada Lena, somos […]

Disortografia – avaliação

Postado por preguntador, em 14 Março 2019 na

O meu filho de 12 anos apresenta todos os sinais de disortografia. Sempre os identifiquei, sem saber o que os provocava. Pedi, deste o inicio do seu percurso escolar, ajuda às professoras, sendo a situação desvalorizada, recebendo apenas indicação para trabalhar mais em casa. Só este ano lectivo, 7.º ano, é que a professora de francês ao olhar para o caderno dele, suspeitou de algo. Está a ser avaliado por psicóloga em consultas semanais, deste Outubro. Estamos a sentir que […]

fiquei surda profunda bilateral aos 45 anos (surdez súbita)

Postado por preguntador, em 14 Março 2019 na

a surdez acima descrita é 0% em cada ouvido. Em Junta médica não querem reconhecer a incapacidade porque fui submetida a IC. No entanto a mudança foi trágica na minha vida. Uma mudança cujo retorno jamais existirá. do ponto de vista psicologico a ausencia de um sentido foi para mim uma verdadeira amputação. Gostaria de saber que matéria em termos técnicos poderei abordar numa proxima junta médica a que serei submetida. Grata Pela atenção Não aceite que não lhe seja […]

Agressividade Infantil

Postado por preguntador, em 14 Março 2019 na

Tenho um filho de 8 anos que se está a tornar bastante agressivo na escola. Episódios de agressividade física com colegas e não controlo de raiva e impulsividade. O que fazer para ajudar? Primeiro teremos de conversar com ele e explorar as suas dificuldades e frustrações, só assim podemos perceber a real causa desse sucedido. Após isso, teremos que elaborar o plano terapêutico especifico para o poder ajudar. Temos especialistas muito bons para a poderem ajudar as si e ao […]

Alexitimia – Como se trata?

Postado por preguntador, em 14 Março 2019 na

Sou a Sara e estou numa relação com o Sérgio há 13 anos. Ao longo destes anos tento mostrar-lhe o quão dificil é comunicar com ele e percebê-lo. Nos últimos tempos comecei a achar que ele também não tem capacidade de empatizar. Neste momento, vivemos a maior crise da nossa relação. De todas as conversas que temos tido ele só consegue afirmar que “tem a certeza que gosta de mim e que é comigo que quer estar”, ainda que eu […]