Clínica de Psicología em Lisboa

ITAD » Mutismo Seletivo

Mutismo Seletivo

O Mutismo Seletivo é uma problemática que envolve principalmente crianças em idade escolar, comprometendo os seus desempenhos no contexto escolar e a comunicação em contexto social. As crianças com Mutismo Seletivo recusam frequentemente falar na escola, o que interfere negativamente no seu rendimento académico.

Mutismo Seletivo

O que é o Mutismo Seletivo?

O Mutismo Seletivo consiste numa Perturbação de Ansiedade que caracteriza pela recusa em falar em determinadas situações sociais específicas em que se espera que se fale (por exemplo, na escola), embora a criança o faça noutras situações.

Apesar de as crianças com Mutismo Seletivo terem capacidades de linguagem satisfatórias, não iniciam o discurso ou não respondem quando os outros lhes falam.

Neste sentido, a perturbação é frequentemente marcada por ansiedade social elevada. Por norma surge em crianças tímidas, introvertidas e ansiosas que falam apenas com membros da família próxima.

Os traços comportamentais associados ao Mutismo Seletivo incluem timidez excessiva em ambientes socias não familiares, preocupações com evitamento social, medo do embaraço em situações sociais, isolamento e retraimento sociais, baixa autoestima, negativismo, traços compulsivos, birras ou comportamentos de oposição ligeiros.

O Mutismo Seletivo é uma problemática que envolve principalmente crianças em idade escolar, comprometendo os seus desempenhos no contexto escolar e a comunicação em contexto social.

As crianças com Mutismo Seletivo recusam frequentemente falar na escola, o que interfere negativamente no seu rendimento académico, uma vez que os professores têm dificuldade em avaliar as suas capacidades (ex. de leitura).

Para além disso, com frequência, não conseguem comunicar aos professores as suas necessidades escolares e pessoais (ex. quando não compreendem um trabalho escolar, não pedir para usar a casa-de-banho).

Qual a evolução e curso da Perturbação?

A prevalência de Mutismo Seletivo parece não variar em função do sexo ou etnia, no entanto, a probabilidade da perturbação se manifestar em crianças pequenas é maior do que em adolescentes ou adultos.

O Mutismo Seletivo é considerado uma desordem infantil e o seu início verifica-se com frequência antes dos 5 anos de idade. Todavia, a perturbação pode não ser clinicamente detetada até à entrada na escola, na medida em que esta transição implica um aumento da interação social e das atividades de desempenho (tais como ler em voz alta). À medida que as crianças com Mutismo Seletivo amadurecem, pode verificar-se um aumento do isolamento social.

Que outros sintomas são apresentados para além do Mutismo Seletivo?

Para além da recusa em falar em determinadas situações sociais, as crianças com Mutismo Seletivo:

• Apresentam dificuldade em manter contato visual.
• Ausência de sorriso perante pessoas desconhecidas ou permanecem com expressões vazias.
• Movimentam-se de forma rígida.
• Dificuldade em concretizar interações sociais (ex. saudações, despedidas ou agradecimentos).
• Sensibilidade ao ruído e a locais com muitas pessoas.
• Apresentam dificuldade em falar sobre si ou em expressar sentimentos.

Como posso ajudar o meu filho/a com Mutismo Seletivo?

Deixamos algumas estratégias que os pais de crianças com Mutismo Seletivo poderão implementar:

• Não forçar a criança a falar.
• Elaborar formas alternativas de comunicação através de símbolos, gestos ou escrita.
• Evitar que a criança seja o centro das atenções.
• Identificar a compatibilidade com algum amigo para jogar e brincar com a criança dentro e fora de casa.
• Favorecer a prática de atividades desportivas que permitam a interação social e o aliviar de algumas tensões.
• Responsabilizar a criança por pequenas rotinas domésticas que estimulem competências de autonomia e de interação verbal e não-verbal (ir à padaria, ir ao quiosque comprar o jornal).
• Reforçar a criança sempre que houver um aumento no seu comportamento verbal, não esquecendo que o tipo de reforço deve ser direcionado às preferências da criança (elogios, abraços, passeios, etc.).

Como posso ajudar o meu aluno/a com Mutismo Seletivo?

Os professores devem desenvolver um conjunto de estratégias ajustadas às necessidades de cada criança com Mutismo Seletivo, nomeadamente:

• Permitir que a criança comunique não-verbalmente, e gradualmente ir solicitando um aumento da comunicação oral.
• Reforçar positivamente todas as interações sociais, orais ou não, com reforços que sejam significativos para a criança.
• Pedir a colaboração dos colegas para que ajudem a criança com Mutismo Seletivo a sentir-se feliz e aceite no grupo, evitando situações de insulto, intimidação ou troça à criança.
• Responsabilizar a criança por pequenas tarefas que promovam competências de autonomia e de organização e gestão de sala-de-aula (ex. distribuir materiais, recolher trabalhos de casa, tirar fotocópias)
• Não tornar a criança o centro das atenções, visto que tal aumenta a sua ansiedade.
• Conceber atividades que impliquem o contacto físico.
• Dispor a sala em grupos e desenvolver atividades em pequeno grupo.
• Desenvolver atividades e jogos de preparação da fala, que inicialmente não requeiram uma interação verbal (produção de sons corporais através da boca, das mãos e dos pés).
• Desenvolver atividades e jogos de movimento e comunicação (mímica, imitação, adivinhas).

O diagnóstico precoce é sempre o mais aconselhável, devendo ser realizado por uma equipa multidisciplinar que permitirá elaborar o perfil da criança e implementar processos de modificação comportamental.

Note-se que quanto mais cedo houver uma intervenção com vista a que o problema não se prolongue no tempo e não se agrave, maior a probabilidade de evitar situações de insucesso escolar, discriminação escolar e social.

Obrigado pelo vosso interesse e espero ver-vos em breve na nossa clínica em Lisboa.

Dr. Sérgio Filipe Pereira – Psicólogo em Lisboa
Clínica de psicologia ITAD
Psicólogo, Terapeuta da Fala e Terapeuta Ocupacional
Psicóloga na Clínica do Itad em Lisboa
Clínica de Psicologia ITAD
Av. Almirante Reis nº59 1ºEsq 1150-011 Lisboa – Portugal
211 371 412 – 961 429 911